domingo, 12 de fevereiro de 2017

Identifica a não conformidade?

O assunto das auditorias necessitava de consenso relativamente a questões como os princípios básicos de auditoria, critérios e práticas, bem como as orientações para a criação, planeamento, execução e documentação de auditorias.
Esse consenso foi obtido em 1990 com a edição do par de normas:
  • ISO 10011-1:1990 - Guidelines for auditing quality systems - Part 1: Auditing
  • ISO 10011-2: 1991 - Guidelines for auditing quality systems - Part 2: Qualification criteria for quality systems auditors.
Em 2002 são substituídas pela norma ISO 19011:2002 - Guidelines for quality and/or environmental management systems auditing com o intuito de igualmente substituir as normas de sistemas de gestão ambiental (da família ISO 14000) que, entretanto, tinham sido lançadas, como sejam:
  • ISO 14010:1996 - Guidelines for environmental auditing -- General principles
  • ISO 14011:1996 - Guidelines for environmental auditing -- Audit procedures -- Auditing of environmental management systems
  • ISO 14012:1996 - Guidelines for environmental auditing -- Qualification criteria for environmental auditors
A partir de 2002 existe uma norma que agrega as cinco anteriores normas sob o mesmo tema, sendo aplicável a auditorias a sistemas de gestão da qualidade e ambiente.
Vivendo numa sociedade em constante evolução, estes dois temas (qualidade e ambiente) já não respondem a todas as dimensões da gestão (veja-se por exemplo o caso da informação e das tecnologias de informação, da sustentabilidade, da responsabilidade social), despontando então uma série mais de disciplinas que também careciam de normas e consequentemente auditorias aos seus sistemas.
Aparece então em 2011 a (actual) versão da ISO 19011 sendo que a mesma norma Guidelines for auditing management systems é aplicável a todos os sistemas de gestão.
Nessa altura havia já 11 normas de sistemas de gestão, mas o número continuou a crescer: hoje há 39, estando mais 12 em desenvolvimento!
São normas de sistemas de gestão que cobrem áreas tais como a saúde, o turismo, os serviços, a informação, a segurança rodoviária, a gestão de activos, a manutenção, os recursos humanos, etc.
A norma de 2011 já faz referência ao risco e a novas abordagens de actuação como auditorias à distância (remota com intervenção humana – através de meios de comunicação interactivos).
Mas a verdade é que as mais populares normas de sistemas de gestão (ISO 9001 e ISO 14001) foram revistas no final de 2015 e como tal as auditorias a esses sistemas devem reflectir a variedade e o número de normas desenvolvidas.
A norma ISO 19011 está por isso em revisão e prevê-se que seja publicada a nova versão em meados de 2018.
A Qualdouro realiza auditorias a sistemas de gestão e à qualidade de serviço.
Esteja atento, brevemente receberá propostas sobre o tema que não vai poder recusar!


Sem comentários:

Arquivo do blogue