segunda-feira, 14 de abril de 2014

ISO 9001: 2015

Parece ser cedo, mas já muitos se perfilaram para poder cumprir a nova norma antes do tempo de transição que será concedido às organizações certificadas segundo o referencial actual (de 2008). Talvez seja este o estímulo que muitas organizações precisavam para olhar para a gestão da qualidade (e todas as vantagens dela decorrentes) e para adoptarem e implantarem um sistema de gestão.

Numa conferência passada, pudemos demonstrar para o caso da ISO 14001, o impacto (económico) que esta tinha nos desempenhos de alojamentos: menor consumo de água, separação e diminuição de resíduos e, acima de tudo, redução de energia - para este assunto, notar que a ISO 50001 é mais adequada (V. artigo neste blog).

Esquecer no entanto a gestão da qualidade (e seus sistemas ISO 9001) como uma boa base para «encaixar»outros sistemas pode revelar-se pouco proveitoso para as organizações que mais tarde sentem a necessidade de integrar os mesmo sistemas, rumo a uma maior eficácia e eficiência.

Vamos discutir de novo estes assuntos do interesse, alcance e objectivo dos sistemas de gestão, numa perspectiva prática, apresentando testemunhos e ferramentas avançadas para a sua implantação e manutenção, enquadrando-os ainda no clima económico do momento e nos desafios conexos (e consequentes oportunidades).

Será no Porto em data a definir.

Esteja atento!

José Cândido, Qualdouro


Sem comentários:

Arquivo do blogue