quinta-feira, 14 de julho de 2011

Parlamento Europeu isenta hotelaria e restauração da revisão da directiva dos direitos dos consumidores

Sensível aos argumentos defendidos pela APHORT, O Parlamento Europeu isenta hotelaria e restauração da revisão da directiva dos direitos dos consumidores.
No âmbito da revisão da directiva europeia relativa aos direitos dos consumidores, o Parlamento Europeu votou em sessão plenária um conjunto de isenções-chave para a hotelaria e restauração no que diz respeito às reservas e à realização de contratos à distância.
Sensíveis aos argumentos apresentados pela APHORT – Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo e pelas suas congéneres europeias, os eurodeputados tiveram em consideração as especificidades do sector e as graves consequências que a anterior versão do documento acarretaria para esta indústria. Em causa estavam um conjunto de exigências que, a serem aplicadas a hotéis e restaurantes, iriam levantar uma série de dificuldades, burocratizando a sua actividade de uma forma considerada insuportável.
A APHORT congratula-se pelo resultado desta votação, considerando ser esta uma decisão justa para o sector. O documento aguarda agora a aprovação por parte do Conselho Europeu.

Sem comentários:

Arquivo do blogue