quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Barragem com património mundial ao fundo - JN

Já aqui tínhamos trazido um tema conexo ao turismo que se liga ao Ambiente e Biodiversidade, bem como à Sustentabilidade.
O Casa certificada nasceu precisamente nas casas do Tua.
 A questão é: para quê investirmos no alojamento e na qualidade e sustentabilidade deste, se são escamoteados sem pudor espaços únicos de ruralidade, paisagem e cultura campesina?
Como se arrisca a matar um vale e um corredor que seria paradigma de mobilidade (e turismo), erigindo um monstro de betão e toda a parafernália de cabos e edifícios de apoio em pleno Douro Vinhateiro Património Mundial, para a produção de energia que não necessitamos (ou se pode obter de outros modos menos agressivos?).
É um tema conexo, que não queríamos deixar passar em branco.

Barragem com património mundial ao fundo - JN

Sem comentários:

Arquivo do blogue