domingo, 30 de maio de 2010

Balanço: "Encontro de Negócios" prevê mais de R$ 36 milhões

SÃO PAULO - O balanço final do Encontro de Negócios prevê a realização R$ 36 milhões para os próximos 12 meses. Durante dois dias foram ofertados 43 destinos, que atraíram 32 operadoras e 239 participantes. O evento que terminou na última sexta-feira (29) foi um dos pontos altos do 5º Salão do Turismo, que termina neste domingo (30), no Anhembi Parque, em São Paulo.

Uma nova metodologia marcou o Encontro de Negócios. Para participar das negociações, o Minsitério do Turismo (Mtur) e o Sebrae ofereceram condições para que os ofertantes participassem de um programa de capacitação e certificação, visando garantir qualidade e seriedade do trabalho. Técnicos de órgãos de turismo e do Sebrae, responsável pelo evento, acompanharam todo o processo. Cada encontro foi agendado conforme o perfil da operadora e do produto que estava sendo oferecido.

Sócia da ‘Nas Alturas’, empresa de turismo de aventura na Chapada Dimantina, Vanessa Almeida, estreou no Encontro com o pé direito. “Achei o modelo muito eficiente. Como trabalho com um produto específico, não perdi meu tempo, pois só conversei com operadoras que têm a ver com o que vendo. Ampliei também meus contatos com empresários de outras regiões do país”.

A mesma reação positiva veio do empresário Oswaldo Luiz Valinote, da Gay Travel, do Rio de Janeiro, que já participou várias vezes do evento. “Pude constatar que os encontros foram mais rápidos, objetivos e, consequentemente, muito mais eficientes”.

O resultado de uma pesquisa que avaliou o grau de satisfação, perspectiva de negócios e avaliação do encontro mostrou que o 98,6% dos participantes aprovaram o novo modelo. Foram negociados destinos do ‘Tour da Experiência’, ‘Roteiros Integrados’, ‘Aventura Segura’ e ‘Viaja Mais Melhor Idade’, todos formatados pelo Mtur e Sebrae.

“Percebemos que a nova metodologia superou muito o modelo anterior porque trouxe a possibilidade de uma venda integrada do destino. Isso significa negociar o pacote completo para garantir ao turista do transporte, à hospedagem, passeios e alimentação. Para os compradores, a presença do Sebrae e do órgão oficial de turismo representou uma validação e segurança da qualidade do que foi negociado”, avaliou a gestoras nacional dos projetos de Turismo no Sebrae, Germana Magalhães.

http://www.dci.com.br/noticia.asp?id_editoria=9&id_noticia=328994

Sem comentários:

Arquivo do blogue